fbpx

1º lote da restituição do IR 2020 será pago no dia 29. Veja como consultar

Dinheiro no bolso! Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, o cronograma de pagamento das restituições do Imposto de Renda (IR) 2020 está mantido. A dúvida sobre um possível atraso cresceu em razão do alongamento no prazo de entrega da declaração, agora para até o dia 30 de junho.

Nesse caso, o primeiro lote de restituições será pago em 29 de maio para quem enviou a declaração logo no início. De acordo com a Receita Federal, podem receber aqueles que sofreram uma retenção na fonte acima do valor que consta no imposto devido. 

Calendário de restituição do imposto de renda 2020

As restituições do IR para este ano foram divididas em cinco lotes, com pagamento nas seguintes datas:

  • 1º lote: 29 de maio;
  • 2º lote: 30 de junho;
  • 3º lote: 31 de julho;
  • 4º lote: 28 de agosto;
  • 5º lote: 30 de setembro.

Até meados de abril, a Receita anunciou que já havia recebido cerca de 10,3 milhões de declarações, o equivalente a 32% do total esperado para este ano. O período de entrega começou no dia 2 de março. 

No caso de contribuintes que, ao contrário de receber, têm de pagar o imposto, as datas também foram alteradas para 30 de junho, no caso da primeira cota ou cota única e até 10 de junho, em se tratando do débito automático da cota única ou do parcelamento a partir da primeira cota.

Para os pagamentos a partir da segunda parcela do Darf ou ‘documento de arrecadação’, o vencimento foi alterado para entre os dias 11 e 30 de junho.

No ano passado, o valor total restituído pelo governo aconteceu em sete lotes, na restituição total de R$ 23,7 bilhões aos contribuintes. Na época, a restituição, que teve início em junho, pagou no primeiro lote cerca de R$ 5,1 bilhões.

Como consultar

O contribuinte pode verificar se sua declaração já foi processada pelo site da Receita Federal. Basta acessar o site da RF, na aba “Consulta à restituição”, e informar o CPF, exercício da declaração, data de nascimento e código verificador.

Por lá, também é possível descobrir em qual dos lotes a restituição será paga. 

Outro meio de obter informações sobre a declaração, é consultando o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), nas sequência de serviço de Restituição e Compensação, Item de Restituição do IRPF, e finalizando na aba do Extrato de Processamento da DIRPF.

Para mais informações sobre quem deve declarar, formas de recebimento, saques e muito mais, acesse o site do Edital Concursos Brasil, na categoria IRPF.

Leia ainda: Deduções que podem reduzir os impostos e aumentar a restituição no Imposto de Renda 2020


Fonte: Edital Concursos Brasil

%d blogueiros gostam disto: