fbpx

É errado guardar o leite na porta da geladeira?

O leite é uma poderosa fonte de cálcio, magnésio, potássio, zinco, fósforo e vitaminas, além de ser rico em proteínas. O alimento é o mais consumido do mundo, segundo dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura. Mesmo assim, nem todos sabem armazená-lo corretamente.

Leia mais: 6 alimentos que você NUNCA deve guardar na geladeira

Por ano, cerca de 580 milhões de toneladas do produto e seus derivados são produzidas ao redor do globo. O problema é que muita gente costuma abrir o leite e guardar o restante na porta da geladeira, hábito que não é recomendado.

A prática faz com que o alimento passe da validade com mais rapidez, principalmente considerando que ele já é produto que estraga com facilidade. Embora a porta da geladeira seja um ambiente refrigerado, ela sofre mais oscilações de temperatura, afirma a nutricionista Karina Borba.

Esse “abre e fecha” constante não é bom para a conservação dos alimentos armazenados no local, além de facilitar a proliferação de bactérias. Dessa forma, o leite azeda muito mais rápido.

O ideal é manter a embalagem nas prateleiras do meio da geladeira, onde a temperatura oscila menos. A dica vale tanto para o leite puro quanto para seus derivados, como queijos, iogurtes e manteiga.

Consumo e contraindicações

O alimento é importante para grande parte da população mundial, bem como uma fonte de nutrientes essencial, mostra um pesquisa da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). Cerca de 116 kg de leite são consumidos por pessoa por ano, e o número vem crescendo por volta de 1,2% a cada ano.

Mesmo com todos os seus benefícios, ele não é indicado por quem sofre de rinite, sinusite e bronquite, uma vez que é inflamatório. “Pode aumentar o muco nas regiões da face, sendo ruim para quem sofre com doenças respiratórias, além de ser grande causador de acne”, explica a nutricionista Amanda Maffei.

Fonte: Edital Concursos Brasil

Deixe uma resposta

Concurso e Apostilas
%d blogueiros gostam disto: