fbpx

Erros que geram demora na análise do benefício

A Caixa Econômica Federal (CEF) divulgou uma lista com os principais erros na hora de requerer o auxílio emergencial. Essas informações podem gerar demora na verificação do cadastro ou o parecer de “dados inconclusivos”.

No último caso, é possível requerer novamente, e corrigir as informações. O cadastro do auxílio emergencial é feito pelo site ou aplicativo homônimo, que está disponível para smartphones com sistemas operacionais Android e iOS.

Sendo assim, na hora de requerer é comum errar em alguns dados. Confira os principais erros de cadastro e preenchimento:

  • Marcação como chefe de família sem indicação de nenhum membro;
  • Não inseriu informação de sexo;
  • Inserção incorreta dos dados dos membros da família;
  • Mais de uma pessoa realizar cadastro e constar divergência;
  • Cadastro feito por mais de duas pessoas do mesmo grupo familiar;
  • Inclusão de pessoa que veio a óbito;
  • Se regularizou ou atualizou os dados, é necessário aguardar pelo menos três dias para nova tentativa.

Além dos erros acima descritos, a Caixa listou os principais motivos para a negativa do auxílio:

  • Ter menos de 18 anos;
  • Ser empregado com carteira assinada;
  • Receber seguro-desemprego;
  • Aposentado ou pensionista pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS);
  • Receber auxílios do governo, com exceção do Bolsa Família;
  • Integrar família com renda mensal de meio salário mínimo (R$ 522,50);
  • Integrar família com renda mensal total de três salários mínimos (R$ 3.135);
  • Ter rendimentos superiores a R$ 28.559,70, em 2018;
  • Cadastro como “mãe solteira”, mas é mulher casada;
  • Cadastro de mais de duas pessoas da mesma família;
  • Limite maior que duas pessoas que recebem Bolsa Família;
  • CPF irregular;
  • CPF de pessoa falecida;
  • Cadastro em aplicativo ou site fraudulento, que não seja o Auxílio Emergencial Caixa.

Auxílio emergencial

Se o resultado da análise der “não aprovado”, o cidadão pode realizar a contestação via aplicativo ou site do auxílio emergencial.

A Caixa lançou também uma nova ferramenta que permite aos trabalhadores consultar a situação dos pedidos. Além do site e app, a consulta pode ser feita pelo links: www.cidadania.gov.br/consultaauxilio ou https://consultaauxilio.dataprev.gov.br

Confira também: Auxílio Emergencial: Calendário de pagamento da segunda parcela nesta semana


Fonte: Edital Concursos Brasil

%d blogueiros gostam disto: