fbpx

Fique por dentro – aprenda como, em 6 passos

Acesse o conteúdo completo – aprenda como, em 6 passos




No presente artigo, iremos abordar, em 6 passos, dicas para o candidato aprender como estudar inglês para o Senado Federal.

O concurso do Senado Federal, previsto para ser realizado ainda no ano de 2020, é um dos mais aguardados do país. O órgão é conhecido por conferir uma excelente estrutura de carreira para seus servidores, por meio de excelentes atribuições, remunerações e benefícios.

Devido a essas características, é possível concluirmos que a prova será de alto nível. Passarão os candidatos que estiverem bem preparados. Portanto, o nosso objetivo, hoje, é transmitir as informações necessárias para que nossos alunos consigam aprender a estudar inglês para o Senado Federal. Dessa forma, poderão ter uma preparação adequada ao nível do concurso.

1) Conheça o conteúdo da disciplina

A disciplina de Língua Inglesa é exigida para todos os cargos, sejam eles de nível médio ou de ensino superior.

De acordo com o último edital publicado pelo órgão, referente ao concurso de 2012, a prova foi composta por 80 questões. Desse total, 10 questões foram referentes à disciplina de Inglês. Desse modo, a matéria correspondeu a 12,5% do total de questões.

Examinemos, agora, o conteúdo programático da disciplina, previsto no edital de 2012, elaborado pela Banca FGV:

Conteúdo Programático – 2012

Estratégias de leitura: compreensão geral do texto; reconhecimento de informações específicas; capacidade de análise e síntese; inferência e predição; reconhecimento do vocabulário mais frequente em textos não literários; palavras cognatas e falsos cognatos.

Estratégias discursivas: tipo de texto; função e estrutura discursivas;
marcadores de discurso; elementos de coesão.

Aspectos gramaticais: uso de artigos definidos e indefinidos; conhecimento dos tempos e modos verbais; uso de preposições, conjunções, pronomes e modais; concordância nominal e verbal; formação e classe de palavras; relações de coordenação e subordinação; voz passiva, discurso direto e indireto.

Como os assuntos costumam ser cobrados

Em provas de concursos públicos, a forma mais frequente de cobrança é através de questões de interpretação de texto. Isso exige do candidato uma boa bagagem de vocabulário, que costuma ser avançado.

Mas cuidado: isso não significa que as bancas não cobrem gramática. Frequentemente, os conhecimentos gramaticais encontram-se inseridos nas questões de interpretação, e são avaliados em conjunto com a compreensão do texto.

2) Faça uma autoanálise

Agora que pontuamos o conteúdo a ser estudado, devemos seguir para o próximo passo: fazer uma autoavaliação do nosso nível de conhecimentos na disciplina. Isso pode ser feito através das seguintes perguntas:

  • O aluno tem alguma formação na língua inglesa?
  • É capaz de ler e compreender textos escritos em inglês?

Responder essas perguntas é importante para a realização de um diagnóstico pessoal, o que auxiliará na hora de estudar inglês para o Senado Federal. Das possíveis respostas, podemos extrair duas estratégias básicas distintas:

1- O aluno tem formação na língua inglesa e/ ou é capaz de compreender diferentes textos. Nesse caso, uma estratégia interessante é adquirir o Curso Específico para o Senado Federal e focar na gramática, ampliação de vocabulário e no desenvolvimento do hábito de leitura de textos em inglês. Além disso, a resolução constante de provas é muito importante, pois através dessa prática, o aluno consegue se testar e identificar seus pontos fracos.

2- O aluno não tem formação na língua inglesa e/ou não é capaz de compreender textos escritos em inglês. Ao contrário da primeira hipótese, o aluno deve focar em aprender a estrutura de frases e seus aspectos gramaticais, significado de palavras, relações semânticas, entre outros. Uma boa dica é iniciar pelo Curso Regular do Estratégia Concursos, que traz questões, vídeos e permite ao aluno assimilar o conteúdo de forma não tão avançada. Quando obtiver o conhecimento necessário, é importante desenvolver a habilidade de leitura de textos e a interpretação dos mesmos, para uma ampliação do vocabulário.

3) Tenha um material de qualidade para estudar inglês para o Senado Federal

Realizada a autoanálise e verificada a estratégia a ser seguida, o próximo passo consiste em adquirir um bom material.

Ter um material de qualidade, muito provavelmente, vai ser um diferencial na nossa preparação. Quando utilizamos um bom material, cortamos caminhos, uma vez que os professores nos direcionam especificamente para o nosso concurso de interesse.

Além disso, para que o candidato se prepare em um alto nível, é imprescindível que o material utilizado seja baseado na preparação específica para concursos, e não na aplicação da língua inglesa com o objetivo de exercer a comunicação. A prova irá cobrar conhecimentos técnicos e específicos, e não a habilidade de speaking ou listening.

Aqui no Estratégia, nossos professores são extremamente experientes, e elaboraram um material excelente para nossos alunos, que querem aprender a estudar inglês para o Senado Federal e ser aprovados no concurso.

Com o material elaborado pelos nossos professores, o aluno aprenderá sobre todos os conteúdos previstos no conteúdo programático do último edital. Ademais, o material será atualizado depois que houver a publicação do edital.

Para conhecer o trabalho e a didática do professor de Inglês do Estratégia, Roberto Witte, segue um vídeo do Curso Extensivo, disponível no Youtube:

4) Pratique a leitura de textos em inglês

Independentemente do nível de inglês que possuir, o candidato deve praticar a sua habilidade de leitura na língua inglesa. Com a leitura frequente, nos familiarizamos cada vez mais com palavras técnicas e seus significados, como também com estratégias linguísticas e semânticas.

É recomendado que as leituras envolvam diferentes gêneros literários, pois ampliarão, assim, o espectro de conhecimento. Textos narrativos e argumentativos estão entre os mais cobrados. Entre esses gêneros, a leitura de crônicas, textos jornalísticos e dissertativo-argumentativos se mostra uma prática muito interessante.

Na hora de estudar inglês para o Senado Federal, prepare-se para ler sobre Economia, Legislação, Sociologia, Tecnologia da Informação e Mídia Social, pois são temas frequentemente abordados em provas.

Porém, é muito importante entendermos que, ao lermos um texto, não devemos ter o pensamento de que precisamos saber o significado de todas as palavras. Isso porque as palavras podem ter significados diversos de acordo com o contexto no qual estão inseridas. Sendo assim, devemos focar na compreensão do conteúdo do texto, pois, dessa forma, seremos capazes de identificar o significado dos termos dentro de um contexto específico.

Ler diversos textos é essencial na hora de estudar inglês para o Senado Federal
Desenvolver o hábito da leitura é super importante para melhorar a compreensão de textos e, consequentemente, acertar questões de prova

Técnicas de leitura

Existem diferentes formas de realizarmos a leitura de um texto quando formos estudar inglês para o Senado Federal. Quando pensamos em provas de concursos públicos, uma forma recomendada é a do skimming-scanning.

Trata-se de uma técnica baseada em duas leituras. A primeira, chamada de skimming, consiste em uma leitura “por alto” do texto, uma leitura geral, rápida. Através dela, conseguimos extrair o objetivo da obra, sua ideia central.

Após a primeira leitura, uma possibilidade é a de que o candidato faça uma leitura rápida dos enunciados das questões relativas ao texto, de forma a identificar o que está sendo pedido pela banca. Dessa forma, quando for realizar a segunda leitura, o aluno prestará uma atenção maior nos pontos que foram identificados nos enunciados.

A segunda leitura, denominada scanning, é realizada de forma mais cautelosa. Nesse momento, devemos nos atentar a detalhes, buscando as respostas das questões.

Nessa segunda leitura, o candidato pode destacar algumas palavras-chave, para que consiga se localizar melhor no texto. Exemplos de palavras a serem destacadas incluem conjunções adversativas, explicativas e conclusivas, por exemplo. Além disso, expressões temporais e termos que expressem opiniões também devem ser destacados.

5) Treine o seu vocabulário

Para que possamos compreender o texto e saber interpretá-lo da forma adequada, é imprescindível que tenhamos um bom conhecimento do vocabulário da língua inglesa.

A banca irá cobrar do candidato o conhecimento de termos técnicos e avançados. A atividade de leitura em uma frequência razoável, por si só, é capaz de desenvolver o vocabulário. Porém, para que possamos ampliá-lo ainda mais, uma dica é fazermos o nosso próprio glossário pessoal.

Sempre que resolvermos provas anteriores, é interessante que anotemos uma ou mais palavras das quais não temos conhecimento do significado. Dessa forma, após pesquisarmos e entendermos o conceito do termo, juntamente com o seu contexto dentro da obra, teremos, pouco a pouco, nosso próprio material. Assim, esse material nos auxiliará em algumas questões, pois iremos adquirir conhecimento de palavras que não conhecíamos anteriormente.

6) Faça provas anteriores

Quando fazemos as provas anteriores aplicadas pela banca, estamos não apenas treinando a leitura, mas também aprendendo a responder questões de prova baseadas na obra trazida na prova. Dessa forma, com essa prática, é testada a habilidade de compreensão do texto e de sua mensagem, conhecimento da gramática e do vocabulário.

Através da resolução de prova, somos capazes de identificar a forma como a banca costuma cobrar os conteúdos, os principais aspectos que devemos observar ao lermos o texto trazido por ela e alguns macetes que nos farão ganhar tempo na hora de realizar a prova.

Portanto, devemos encarar a resolução de provas como uma possibilidade de conhecermos a banca antes do grande dia. Assim, na hora de estudar inglês para o Senado Federal, anotem o que costuma ser mais cobrado, pois há uma grande chance de o assunto ser cobrado novamente.

Entre os conteúdos mais cobrados pela FGV, que foi a banca examinadora do último concurso do Senado Federal, estão:

  • Phrasal verbs;
  • Conectivos;
  • Modal verbs;
  • Discourse markers.

Além disso, a banca cobra, com frequência, aspectos semânticos, ou seja, a extração do significado de palavras ou expressões em determinado contexto. Mas como podemos aperfeiçoar nossas habilidades na área da semântica? Desenvolvendo o hábito da leitura, como dito anteriormente.

Aprenda com os seus erros

Por último, mas também o mais importante: foquem nos erros.

Mapear e entender nossos erros é uma excelente forma de preparação, uma vez que são eles que nos apontam qual caminho devemos seguir para aumentar nosso rendimento até o dia da prova.

Portanto, resolvam muitas provas e revisem os assuntos que não estão muito claros. Estudar inglês para o Senado Federal de forma efetiva é possível. Você é capaz de vencer aquele assunto, e não deixar acontecer o contrário.

Conclusão

Tendo em vista que a cobrança da disciplina de Inglês é significativa, uma vez que representou 12,5% do total de questões da última prova, torna-se extremamente relevante aprender a estudar Inglês para o Senado Federal.

Com as dicas expostas nesse artigo, o candidato já é capaz de estudar de forma direcionada, para que alcance a tão sonhada aprovação nesse concurso que é, sem dúvidas, um dos mais almejados do país.

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

Fonte: Estratégia Concursos

Download disponível – aprenda como, em 6 passos



Baixar apostila para concurso

%d blogueiros gostam disto: