fbpx

Fique por dentro – as principais notícias da semana relacionadas à Diplomacia (clipping)

Acesse o conteúdo completo – as principais notícias da semana relacionadas à Diplomacia (clipping)




Após
acordo com EUA, Talibã anuncia que voltará a atacar tropas do governo afegão

Brasil condena ataque à
Embaixada dos EUA na Tunísia

Coronavírus: imagens da
Nasa mostram queda da poluição na China em meio ao surto

Brasil tem 433 casos
suspeitos de infecção pelo Covid-19

Como a tensão com o
Congresso pode prejudicar planos do governo Bolsonaro

Anúncio de formação de
governo de transição no Sudão do Sul

Brasil e Angola definem
prioridades nas relações bilaterais

Lobby religioso ameaça
direitos da mulher, alerta relator da ONU

Novo embaixador do Brasil
nas Nações Unidas fala à ONU News

Por que os EUA cortaram
sua taxa de juros em resposta ao coronavírus

Grupo parlamentar vai
discutir relação entre Brasil e Argentina

Brasil retira diplomatas
da Venezuela

Ação militar na Venezuela
e ceticismo climático: o que defendem os senadores que Bolsonaro vai encontrar
nos EUA

Bolsonaro chega aos
Estados Unidos para encontro com Trump

Empresas adotam
home-office por conta do coronavirus

Itamaraty remove 15
diplomatas e funcionários da Chancelaria da Venezuela


Após acordo com EUA, Talibã anuncia que voltará a atacar tropas do governo
afegão

(02/03/2020) G1 – Leia na
íntegra

Dois dias após a assinatura de um acordo
histórico com os Estados Unidos, o Talibã anunciou nesta segunda-feira (2) o
fim da trégua parcial de nove dias e a retomada dos ataques às forças de
segurança afegãs.

O porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid, declarou que trégua,
estabelecida em 22 de fevereiro, terminou e que as operações do grupo “voltarão
ao normal”, de acordo com a agência France Presse.

“Nossos combatentes não atacarão as forças estrangeiras, mas nossas
operações contra as forças do governo de Cabul continuarão”, declarou o
porta-voz.

Leia a
notícia completa


Brasil condena ataque à Embaixada dos EUA na Tunísia

(06/03/2020) Agência Brasil – Leia na
íntegra

O governo brasileiro condenou o ataque realizado hoje (6) à Embaixada
dos Estados Unidos na Tunísia. A ação terminou na morte de um policial e deixou
outros oito feridos. A posição foi expressa em nota oficial divulgada pelo
Ministério das Relações Exteriores no início da noite de hoje.

O episódio ocorreu na capital do país, Túnis. Dois homens-bomba teriam
sido os responsáveis pelo ataque e que gerou explosões no local. Os dois
autores morreram. A polícia tunisiana isolou o local, que ficou repleto de
destroços.

Leia a
notícia completa


Coronavírus: imagens da Nasa mostram queda da poluição na
China em meio ao surto

(01/03/2020) BBC – Leia na íntegra

Os mapas da
Nasa mostram níveis decrescentes de dióxido de nitrogênio este ano.

Isso ocorre
em meio a um declínio recorde na atividade industrial da China, uma vez que as
fábricas interrompem suas atividades numa tentativa de conter o coronavírus.

A China
registrou quase 80 mil casos do vírus desde o início do surto.

Ele se
espalhou para mais de 50 países, mas a grande maioria das infecções e mortes
ocorre na China, onde o vírus surgiu no final do ano passado.

Leia a notícia completa


Brasil tem 433 casos suspeitos de infecção pelo Covid-19

(02/03/2020) Agência Brasil, por Marcelo Brandão – Leia na íntegra

O Brasil tem, atualmente, 433 casos suspeitos de coronavírus. O número
de casos confirmados continua sendo dois, ambos em São Paulo. Todas as regiões
do país têm casos suspeitos, sendo São Paulo o estado com o maior número de
casos suspeitos, com 163. Até o momento, são 162 casos descartados, sendo que a
maioria tinha Influenza A e Influenza B.

Ontem eram 252 casos suspeitos. O aumento do número de suspeitos tem
relação com a mudança de metodologia do Ministério da Saúde para considerar um
paciente suspeito. Desde o final de fevereiro, o ministério decidiu não fazer
reanálise dos casos notificados como suspeitos pelas secretarias estaduais de
saúde. Assim, a avaliação local é considerada pelo governo federal.

Leia a
notícia completa


Como a tensão com o Congresso pode prejudicar planos do governo Bolsonaro

(02/03/2020) BBC, por André
Shalders – Leia na íntegra

O alerta
vem dos relatores de algumas dessas propostas na Câmara e no Senado — temas que
vão desde o pacote de reformas do ministro da Economia, Paulo Guedes, até as
mudanças no Código de Trânsito, assunto caro a Bolsonaro.

Parlamentares
dizem que pretendem manter o calendário de votações dos projetos relatados por
eles — mas repetem que a situação pode se complicar caso Bolsonaro insista em
atacar o Legislativo.

Leia a notícia
completa


Anúncio de formação de governo de transição no Sudão do Sul

(03/03/2020) Itamaraty.gov.br  – Leia na íntegra

O governo
brasileiro saúda o estabelecimento, no último dia 22 de fevereiro, do Governo
de Transição no Sudão do Sul, com base no Acordo Revitalizado sobre a Resolução
do Conflito no país, assinado em 2018. O Brasil espera que os anseios de
reconciliação e diálogo manifestados pelas partes continuem a pautar a
transição política no país, a fim de que o processo que ora se inicia possa
conduzir à formação de um governo democrático e representativo dos interesses e
das aspirações do povo sul-sudanês.

Ao
congratular a Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento (IGAD) e a
União Africana pela bem sucedida mediação no processo de paz sul-sudanês, o
governo brasileiro reitera seu apoio aos esforços voltados à estabilidade e ao
desenvolvimento do Sudão do Sul.

Leia a notícia
completa


Brasil e Angola definem prioridades nas relações bilaterais

(03/03/2020) Agência Brasil, por Karine
Melo  – Leia na íntegra

Reunião
entre os chanceleres do Brasil, Ernesto Araújo e de Angola, Manuel Domingos
Augusto, definiu nesta segunda-feira (2), em Brasília, as prioridades nas
relações dos dois países. 

Com o
governo angolano preocupado com a própria produção agrícola e também com a
segurança alimentar, o Brasil vê em uma cooperação com o país africano na área
de agricultura e agronegócio uma oportunidade de retomar parcerias entre os
dois países. “Cada vez mais identificamos que essa é uma área-chave para uma
renovação de um novo capítulo na parceria entre Brasil e Angola”, avaliou
Araújo. Por muitos anos a cooperação entre Brasil e Angola foi marcada por
obras de infraestrutura realizadas por empreiteiras brasileiras que saíram do
país africano após denúncias de corrupção com Operação Lava Jato.

Leia a notícia
completa


Lobby religioso ameaça direitos da mulher, alerta relator da ONU

(03/03/2020) UOL, por Jamil Chade
 – Leia na íntegra

O Brasil é citado em um relatório submetido ao Conselho
de Direitos Humanos da ONU (Organização das Nações Unidas) entre países onde a
religião é usada como justificativa para impedir que meninas e mulheres tenham
acesso à educação sexual, assim como direitos reprodutivos e acesso à saúde
sexual. Desde o início do governo de Jair Bolsonaro, o país modificou sua
política externa e de direitos humanos para levar em conta valores religiosos,
conforme destacado pela ministra Damares Alves em visita recente a Genebra, na
Suíça.

Leia a notícia
completa


Novo embaixador do Brasil nas Nações Unidas fala à ONU News

(04/03/2020) ONU – Leia na íntegra

Neste Destaque ONU News Especial,
Monica Grayley conversa com o novo embaixador do Brasil nas Nações Unidas,
Ronaldo Costa Filho. O diplomata, que já atuou em Bruxelas, Genebra, Quito e
Nova Iorque, explica as prioridades para 2020.

E o sr. volta depois de 25 anos
para as Nações Unidas. Como está sendo esse retorno? Mudou muita coisa?

Olha, muita coisa mudou. E muita
coisa continua igual. Isso que me espanta um pouco porque muitos debates ainda
se arrastam e são lentos, os procedimentos são parecidos.  Agora, em
compensação, a agenda se intensificou de uma maneira extraordinária. Há 25
anos, tínhamos um ritmo muito pouco menos intenso do que se tem hoje.

Leia a notícia completa


Por que os EUA cortaram sua taxa de
juros em resposta ao coronavírus

(04/03/2020) UOL – Leia na íntegra

As grandes economias do Ocidente têm
colocado em marcha medidas para mitigar o impacto econômico do surto de novo
coronavírus, à medida que o número de pessoas infectadas continua a avançar e
desencadear quarentenas, fechamento de fábricas (sobretudo na China), rupturas
em cadeias produtivas e restrições de viagens. A medida mais recente foi tomada
pelo Banco Central dos EUA (Federal Reserve, o Fed), que, em caráter
emergencial, cortou nesta terça-feira (03/03) suas taxas básicas de juros em
meio ponto percentual, para uma faixa entre 1% e 1,25%.

Leia a notícia
completa


Grupo parlamentar vai discutir relação entre Brasil e Argentina

(04/03/2020) Câmara dos Deputados
– Leia na íntegra

O Grupo
Parlamentar Brasil – Argentina recebe hoje o presidente da Câmara de Deputados
da Argentina, Sérgio Massa, para debater o papel da diplomacia parlamentar no
aprofundamento da relação entre os dois países.

Os
parlamentares vão discutir também a tramitação do projeto de lei que cria a
Comissão Bicameral Permanente de Integração e Cooperação entre Brasil e
Argentina; estratégias de fortalecimento do Mercosul; e a relação entre os dois
países como vetor de promoção da democracia na América do Sul.

Leia a notícia
completa


Brasil retira diplomatas da Venezuela

(05/03/2020) UOL, por Jamil Chade
– Leia na íntegra

Se recusando a dar
explicações, o Itamaraty remove quatro funcionários de postos diplomáticos na
Venezuela, num sinal que começa a ser interpretado dentro do próprio Ministério
das Relações Exteriores como uma eventual preparação do Brasil para diminuir de
forma drástica as atividades da embaixada e consulado no país vizinho. O
movimento, segundo fontes no Itamaraty indicaram, ocorreria de forma
sincronizada. A ideia era de que, em Brasília, houvesse uma retirada de
diplomatas que representam Nícolas Maduro no Brasil. Não há, porém, fechamento
de postos por enquanto.

Leia a notícia
completa


Ação militar na Venezuela e ceticismo climático: o que
defendem os senadores que Bolsonaro vai encontrar nos EUA

(06/03/2020) BBC, Julia Gragnani – Leia na íntegra

Apesar
da confirmação de que o presidente dos EUA, Donald Trump, e Bolsonaro irão
jantar na residência do americano em Mar-a-Lago, os anfitriões iniciais de
Bolsonaro no país eram esses políticos locais da Flórida, além do prefeito de
Miami, Francis Suarez.

Na
viagem, que se estenderá de sábado, quando o presidente deve chegar a Palm
Beach à tarde, até terça, Bolsonaro visitará instalações militares em Miami,
participará de seminário empresarial e encontrará a comunidade brasileira e um
grupo de pastores na Flórida. Também irá visitar uma fábrica da Embraer na
cidade de Jacksonville. Uma comitiva ministerial vai acompanhá-lo.

Leia a notícia
completa


Bolsonaro chega aos Estados Unidos para encontro com Trump

(07/03/2020) G1 – Leia na íntegra

O
presidente Jair Bolsonaro chegou na tarde deste sábado (7), por volta
das 17h40, aos Estados Unidos para uma viagem de quatro dias ao estado da
Flórida, onde terá um novo encontro com o presidente norte-americano Donald Trump.

Os dois
presidentes devem jantar neste sábado no resort de Trump em Mar-a-Lago. O
próprio Trump confirmou a informação, que era tratada como
“possibilidade” no Palácio do Planalto.

Leia a notícia
completa


Empresas adotam home-office por conta do coronavirus

(07/03/2020) Agência Brasil, por Alana
Gandra – Leia na íntegra

Empresas nacionais como o Banco Nacional
de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já começaram a adotar medidas
internas em razão da epidemia do novo coronavírus. O banco recomendou que todos
os funcionários que voltarem de viagem de férias ou de trabalho deverão ficar
em quarentena obrigatória de 14 dias corridos.

Os empregados que estiverem bem de saúde
adotarão o sistema de trabalho remoto, ou seja, trabalharão em suas casas, pelo
mesmo período de tempo. Já os funcionários que apresentarem algum sintoma do
vírus, como tosse, dificuldade respiratória, falta de ar ou febre, deverão
procurar a assistência médica, antes do retorno ao trabalho.

Leia a notícia
completa


Itamaraty remove 15 diplomatas e funcionários da
Chancelaria da Venezuela

(05/03/2020) ÉPOCA – Leia na íntegra

O governo brasileiro
removeu quatro diplomatas e outros 11 oficiais e assistentes de chancelaria na
Venezuela. As medidas foram publicadas no Diário Oficial desta quinta-feira.

Dois
diplomatas foram removidos da embaixada brasileira em Caracas, um do consolado-geral
do Brasil na cidade e outro do consulado brasileiro em Ciudad Guayana.

Leia a notícia
completa

Fonte: Estratégia Concursos

Download disponível – as principais notícias da semana relacionadas à Diplomacia (clipping)



Baixar apostila para concurso