fbpx

Fique por dentro – começa a convocação dos fiscais para aplicação das provas

Acesse o conteúdo completo – começa a convocação dos fiscais para aplicação das provas




Atenção candidatos do concurso da Polícia Federal, mais um passo para a realização da prova da seleção foi dado! Nesta terça-feira, 11 de maio, começaram as convocações dos fiscais e outros profissionais que trabalharão na aplicação da avaliação da PF.

Assim, as provas seguem confirmadas para o dia 23 de maio em 26 capitais e outras unidades federativas. A Polícia Federal e o Cebraspe ainda não divulgaram o cronograma completo do certame.

O edital da PF oferta 1.500 vagas para os cargos de Agente, Escrivão, Papiloscopista e Delegado.

Previsão de adiamento das provas

Com toda a polêmica que gira em torno das provas da PRF, muitos especulam sobre um possível novo adiamento do concurso da Polícia Federal. Inicialmente, segundo fontes internas, “existiam movimentos no sentido de adiar a etapa, mas ainda sem uma decisão”.

Algumas horas depois, a situação já é outra! Conforme recentes informações obtidas, pelo jornalismo do Estratégia, em contato com o alto escalão da PF, “a seleção está mantida, salvo algum problema com o Judiciário”.

Para o presidente da Fenapef, Luís Boudens, também não há previsão de mudança: “A situação de hoje é de manter o concurso, conforme calendário divulgado. Isso porque temos a preocupação com a execução orçamentárias de 2021, mas também com a precaução com relação à preservação da saúde dos candidatos em relação à pandemia”.

Inicialmente, a avaliação era prevista para ocorrer em 21 de março, entretanto foi postergada para 23 de maio. De acordo com imagem que circula nas redes, a seleção registrou o total de 321.014 inscritos. Conforme o documento, a distribuição por cargo é a seguinte:

  • 222.304 para o cargo de Agente;
  • 53.486 para o cargo de Escrivão;
  • 17.567 para o cargo de Papiloscopista;
  • 27.657 para o cargo de Delegado.

Concurso PF: etapas e provas

Além das provas objetivas e discursivas, os candidatos passam pelo TAF da polícia federal; Exame Médico; Prova Oral, somente para Delegado; Prova Prática de Digitação, somente para Delegado; Avaliação Psicológica; e Avaliação de Títulos.

  1. Provas objetivas e discursivas (eliminatória e classificatória);
  2. Exame de Aptidão Física (eliminatório);
  3. Avaliação Médica (eliminatório);
  4. Prova Oral (eliminatória e classificatória, somente para Delegado);
  5. Prova Prática de Digitação (eliminatório, somente para Escrivão);
  6. Avaliação de Títulos (classificatória); e
  7. Avaliação Psicológica (eliminatória).

Os aprovados do concurso da polícia federal são então inscritos no Curso de Formação Profissional, que é ofertado pela Academia Nacional de Polícia. O curso dura cerca de 5 meses, totalizando 850 horas-aula e ocorre no regime de internato parcial, e recebem bolsa de 50% do valor da remuneração.

A jornada de preparação para o concurso da Polícia Federal exige bastante dedicação, por isso, é importante estruturar um bom plano de estudos para alcançar o objetivo.

Concurso PF

Quer estudar para o concurso Polícia Federal 2021?

Assinatura Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Sistema de Questões

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Concursos Abertos

Confira os editais publicados

Concursos 2021

Confira as oportunidades previstas

Quer ficar atualizado DIARIAMENTE sobre as notícias do mundo dos concursos? Entre no nosso Telegram!

Fonte: Estratégia Concursos

Download disponível – começa a convocação dos fiscais para aplicação das provas



Baixar apostila para concurso

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: