fbpx

Fique por dentro – Concurso Diplomata: Tudo sobre o CACD

Acesse o conteúdo completo – Concurso Diplomata: Tudo sobre o CACD




O Ministério das Relações Exteriores divulgou a homologação do resultado final do Concurso de Admissão à Carreira Diplomática 2019, com 20 vagas imediatas.

Os aprovados no CACD são empossados na classe inicial da carreira de terceiro secretário e matriculados no Curso de Formação de Diplomatas do Instituto Rio Branco, o qual tem duração de três ou quatro semestres. Baixe aqui a lista completa.

O Concurso Diplomata oferta 20 vagas na classe inicial de Terceiro Secretário, cargo de nível superior com formação em qualquer área e com remuneração inicial é de R$ 19 mil. Baixe aqui a lista completa dos aprovados.

Concurso Diplomata: atribuições da carreira

Os membros da carreira realizam uma série de atividades de natureza diplomática e consular, em seus aspectos específicos de representação, negociação, informação e proteção de interesses brasileiros no campo internacional.

Na prática, sabemos que os Diplomatas são responsáveis pela representação do Estado Brasileiro em solo estrangeiro, trabalhando com atividades de cunho diplomático e consular. Não obstante, o diplomata também poderá exercer atribuições em solo brasileiro, de acordo com a lotação.

Ao ser aprovado no Concurso de Admissão à Carreira Diplomática (CACD), o candidato passará por um curso de formação no Instituto Rio Branco (IRBR), cuja aprovação constitui requisito essencial para que o candidato se confirme no corpo de servidores do Serviço Exterior Brasileiro.

Concurso Diplomata: requisitos do cargo

É necessário ter a idade mínima de 18 anos e diploma de curso superior, expedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), em qualquer área de formação.

Etapas – concurso Diplomata

O concurso será realizado em duas fases:

A primeira fase será aplicada em 8 de setembro de 2019, em dois períodos: o primeiro, iniciando-se às 9 horas e 30 minutos, com duração de 3 horas; e o segundo, iniciando-se às 15 horas, com duração de 3 horas.

a) Primeira Fase:

  • Prova objetiva, constituída de questões do tipo CERTO ou ERRADO
    • língua portuguesa,
    • língua inglesa,
    • história do Brasil,
    • história mundial,
    • política internacional,
    • geografia, economia e direito
    • direito internacional público

A Primeira Fase será realizada nas capitais dos 26 estados da Federação e no Distrito Federal.

Será eliminado do concurso o candidato que obtiver nota final na prova objetiva inferior a 32,85 pontos, ou não atingir a classificação definida no edital.

Área de conhecimento Número de questões Pontuação máxima
Língua portuguesa 10 10,00 pontos
Língua inglesa 9 9,00 pontos
História do Brasil 11 11,00 pontos
História mundial 11 11,00 pontos
Política internacional 12 12,00 pontos
Geografia 6 6,00 pontos
Economia 8 8,00 pontos
Direito e direito internacional público 6 6,00 pontos
Total 73 73,00 pontos

Serão convocados para a segunda fase 200 aprovados nas provas objetivas, sendo 150 de ampla concorrência, 40 de negros e 10 de pessoas com deficiência.

b) Segunda Fase:

  • Provas escritas de:
    • língua portuguesa,
    • língua inglesa,
    • história do Brasil,
    • geografia,
    • política internacional,
    • economia,
    • direito e direito internacional público,
    • língua espanhola
    • língua francesa

A Segunda Fase será realizada nas capitais onde houver candidatos aprovados na Primeira Fase.

Questões Extensão Pontuação máxima
Redação sobre tema geral 65 a 70 linhas 60,00 pontos
Dois exercícios de interpretação, de análise ou de comentário de textos 15 a 20 linhas, cada 20,00 pontos, cada

A prova escrita de Língua Portuguesa será aplicada nas capitais onde houver candidatos aprovados na Primeira Fase, na data provável de 12 de outubro de 2019, e terá duração de 5 horas, com início às 14 horas.

Questões Extensão Pontuação máxima
Redação sobre tema geral 65 a 70 linhas 60,00 pontos
Dois exercícios de interpretação, de análise ou de comentário de textos 15 a 20 linhas, cada 20,00 pontos, cada
Critérios de avaliação na prova de língua portuguesa Pontuação máxima
Redação acerca de tema geral (total de 60,00 pontos)
1 Organização do texto e desenvolvimento do tema
a) Apresentação/impressão geral do texto, legibilidade, estilo e coerência 10,00 pontos
b) Capacidade de argumentação (objetividade, sistematização, conteúdo e pertinência das informações) 10,00 pontos
c) Capacidade de análise e reflexão 10,00 pontos
2 Correção gramatical e propriedade da linguagem 30,00 pontos
Exercícios 1 e 2 (total de 20,00 pontos, cada)
1 Apresentação e desenvolvimento do tema 10,00 pontos
2 Correção gramatical e propriedade da linguagem 10,00 pontos

A prova escrita de Língua Inglesa será aplicada nas capitais onde houver candidatos aprovados na Primeira Fase, na data provável de 13 de outubro de 2019, e terá duração de 5 horas, com início às 14 horas.

Questões Pontuação máxima
Redação sobre tema geral, com extensão de 45 a 50 linhas 50,00 pontos
Tradução de um texto do inglês para o português 20,00 pontos
Versão de um texto do português para o inglês 15,00 pontos
Elaboração de um resumo, em inglês, de um texto escrito em língua inglesa, com extensão a ser estabelecida no comando do exercício, estimada entre 35% e 50% do texto a ser resumido. 15,00 pontos
Critérios de avaliação na prova de língua inglesa Pontuação máxima
Redação acerca de tema geral (total de 50,00 pontos)
1 Organização do texto e desenvolvimento do tema
a) Apresentação/impressão geral do texto, legibilidade, estilo e coerência 10,00 pontos
b) Capacidade de argumentação (objetividade, sistematização, conteúdo e pertinência das informações) 10,00 pontos
c) Capacidade de análise e reflexão 5,00 pontos
2 Correção gramatical e propriedade da linguagem 25,00 pontos
Tradução de texto do inglês para o português (total de 20,00 pontos)
1 Fidelidade ao estilo do texto original 5,00 pontos
2 Correção gramatical e propriedade da linguagem 15,00 pontos
Versão de texto do português para o inglês (total de 15,00 pontos)
1 Fidelidade ao estilo do texto original 5,00 pontos
2 Correção gramatical e propriedade da linguagem 10,00 pontos
Resumo, em inglês, de texto escrito em língua inglesa (total de 15,00 pontos)
1 Capacidade de síntese e concisão 5,00 pontos
2 Correção gramatical e propriedade da linguagem 10,00 pontos

As provas escritas de história do Brasil, de política internacional, de geografia, de economia, de direito e direito internacional público e de língua espanhola e língua francesa, terão duração de 4 horas cada e serão aplicadas nas capitais onde houver candidatos aprovados na Primeira Fase, nas datas prováveis de:

a) 18 de outubro de 2019: Prova de história do Brasil, iniciando-se às 9 horas;

b) 18 de outubro de 2019: Prova de geografia, iniciando-se às 15 horas;

c) 19 de outubro de 2019: Prova de política internacional, iniciando-se às 9 horas;

d) 19 de outubro de 2019: Prova de economia, iniciando-se às 15 horas;

e) 20 de outubro de 2019: Prova de direito e direito internacional público, iniciando-se às 9 horas;

f) 20 de outubro de 2019: Prova de língua espanhola e língua francesa, iniciando-se às 15 horas.

Prova Questões Pontuação máxima
História do Brasil Duas questões discursivas de até 90 linhas e valor de 30,00 pontos, cada; eDuas questões discursivas de até 60 linhas e valor de 20,00 pontos, cada. 100,00 pontos
Geografia Duas questões discursivas de até 60 linhas e valor de 30,00 pontos, cada; eDuas questões discursivas de até 40 linhas e valor de 20,00 pontos, cada. 100,00 pontos
Política Internacional Duas questões discursivas de até 90 linhas e valor de 30,00 pontos, cada; eDuas questões discursivas de até 60 linhas e valor de 20,00 pontos, cada. 100,00 pontos
Economia Duas questões discursivas de até 60 linhas e valor de 30,00 pontos, cada; eDuas questões discursivas de até 40 linhas e valor de 20,00 pontos, cada. 100,00 pontos
Direito e Direito Internacional Público Duas questões discursivas de até 60 linhas e valor de 30,00 pontos, cada; eDuas questões discursivas de até 40 linhas e valor de 20,00 pontos, cada. 100,00 pontos
Língua Espanhola e Língua Francesa Língua espanhola: elaboração de resumo, em espanhol, a partir de texto escrito em língua espanhola, com extensão a ser estabelecida no comando do exercício, estimada entre 35% e 50% do texto a ser resumido, e de versão de um texto do português para o espanhol, com valor de 25,00 pontos, cada. 100,00 pontos
Língua francesa: elaboração de resumo, em francês, a partir de texto escrito em língua francesa, com extensão a ser estabelecida no comando do exercício, estimada entre 35% e 50% do texto a ser resumido, e de versão de um texto do português para o francês, com valor de 25,00 pontos, cada.

Os exercícios da prova escrita de língua espanhola e língua francesa serão avaliados segundo os critérios a seguir:

Resumo, em espanhol, a partir de texto escrito em língua espanhola (total de 25,00 pontos)
1 Capacidade de síntese e concisão 10,00 pontos
2 Correção gramatical e propriedade da linguagem 15,00 pontos
Versão de texto do português para o espanhol (total de 25,00 pontos)
1 Fidelidade ao estilo do texto original 10,00 pontos
2 Correção gramatical e propriedade da linguagem 15,00 pontos
Resumo, em francês, a partir de texto escrito em língua francesa (total de 25,00 pontos)
1 Capacidade de síntese e concisão 10,00 pontos
2 Correção gramatical e propriedade da linguagem 15,00 pontos
Versão de texto do português para o francês (total de 25,00 pontos)
1 Fidelidade ao estilo do texto original 10,00 pontos
2 Correção gramatical e propriedade da linguagem 15,00 pontos

Concurso Diplomata: remuneração

A carreira diplomática se organiza em seis classes. O candidato convocado para o Curso de Formação do Instituto Rio Branco passa a receber o subsídio de Terceiro Secretário:

CLASSE SUBSÍDIO
Ministro de Primeira Classe 27.369,67
Ministro
de Segunda Classe
26.319,29
Conselheiro 24.500,44
Primeiro
Secretário
22.802,63
Segundo
Secretário
21.226,79
Terceiro
Secretário
19.199,06

Concurso Diplomata: Demanda de inscritos dos últimos concursos

Conforme dito no início do artigo, ao longo dos últimos anos a organização do certame ficou por conta da Cespe/UnB, atual Cebraspe.

Neste período, o quantitativo de vagas ofertadas variou entre 20 e 30 vagas por concurso. Em alguns anos, porém, houve uma variação, como em 2014 quando foram ofertadas 18 vagas. Já em 2010, a oferta foi de 108 vagas.

Ano Vagas Inscritos Demanda
2019 20 6.411 320,55
2018 26 5.294 203
2017 30 5.939 198
2016 30 4.925 164
2015 22 5.271 239
2014 18 4.151 230
2013 30 6.490 216
2012 30 6.423 214
2011 26 7.180 276
2010 108 8.869 82

Curso de Formação do CACD

O Curso de Formação de Diplomatas terá por finalidades a capacitação profissional e a avaliação das aptidões e competências dos servidores nomeados para o cargo inicial da carreira de diplomata do Serviço Exterior Brasileiro.

O Curso de Formação de Diplomatas será dividido em dois ciclos e terá a seguinte organização:

O primeiro ciclo será dividido em dois semestres letivos, nos quais serão ministradas disciplinas conceituais e profissionalizantes. Já o segundo ciclo terá um ou dois semestres letivos, no qual serão ministradas disciplinas de caráter profissionalizante, e realizadas atividades como viagens de estudos, programas desenvolvidos em cooperação com outras instituições e estágios profissionalizantes na Secretaria de Estado das Relações Exteriores ou em postos no exterior.

Confira no link abaixo o regulamento:

Regulamento do curso de formação

Quer estudar para Concurso Diplomata?

Gostou desta oportunidade e deseja começar se preparar agora mesmo? Então, confira os nossos cursos e comece a estudar para Diplomata:

CURSO DIPLOMATA

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

Ficha técnica concurso diplomata

Informações do Concurso Diplomata 2019

Vagas: 20 vagas
Cargos: Terceiro Secretário
Lotações: Brasília
Banca: IADES
Escolaridade: Nível Superior
Edital: Edital-Diplomata-2019

Ascom Estratégia
[email protected]

Fonte: Estratégia Concursos

Download disponível – Concurso Diplomata: Tudo sobre o CACD



Baixar apostila para concurso

%d blogueiros gostam disto: