fbpx

Fique por dentro – Concurso TRT PE (6ª região) tem prazo de validade suspenso

Acesse o conteúdo completo – Concurso TRT PE (6ª região) tem prazo de validade suspenso




Obedecendo recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o TRT (6ª região), suspendeu o prazo de validade do certame enquanto durar o estado de calamidade pública causada pela pandemia de coronavírus (Covid-19).

Vale lembrar que o último concurso do Tribunal Regional do Trabalho do Pernambuco (6ª região) teve concurso realizado no último ano com oferta de somente uma vaga imediata mais cadastro de reserva. Apesar do baixo número de vagas, já foram nomeados mais de 30 candidatos. E esse número pode aumentar ainda mais, uma vez que o certame fica válido até 2020.

Se você quer saber mais detalhes sobre o certame, ao longo deste artigo vai conferir essas e utras informações, como…

  1. Situação atual do concurso TRT PE
  2. Remuneração e benefícios
  3. Atribuições e requisitos dos principais cargos
  4. Último concurso TRT PE
  5. Nomeações do último concurso TRT PE
  6. Bate-papo com aprovados

1) Situação atual do concurso TRT PE

O último concurso TRT PE foi realizado em 2018, com oferta de 1 vaga mais cadastro reserva para cargos de nível médio e superior. Homologado ainda em 2018, o certame fica válido até 17 de outubro de 2020, podendo ser prorrogado por mais dois anos, caso seja necessário.

Apesar do baixo número de vagas, o Tribunal tem um histórico de nomear mais candidatos que o previsto em edital. No penúltimo concurso, de 2012, foram previstas no edital 63 vagas mais cadastro de reserva, mas até o final da validade do certame foram nomeados mais de 700 candidatos.

Cargos vagos

A última atualização do quantitativo de cargos vagos e ocupados no órgão é de abril de 2016. Sem um levantamento mais recente, não é possível saber a real necessidade do Tribunal atualmente. Na ocasião, haviam 30 cargos vagos, sendo 11 de Analista e 19 de Técnico.

2) Concurso TRT PE: Remuneração e benefícios

Segundo a estrutura remuneratória do quadro de servidores do órgão, o vencimento básico inicial varia entre R$ 1.621,12 e R$ 5.189,71. Os valores apresentados abaixo já estão acrescidos da Gratificação de Atividade Judiciário (GAJ), mas o servidor pode receber também outras gratificações que aumentam ainda mais o valor.

Analista Judiciário:
Inicial: R$ 12.455,30
Final: R$ 18.701,52

Técnico Judiciário:
Inicial: R$ 7.591,37
Final: R$ 11.389,39

Auxiliar Judiciário:
Inicial: R$ 3.890,69
Final: R$ 6.750,55

Além do vencimento, os servidores também podem receber os seguintes benefícios:

  • Auxílio-alimentação
  • Auxilio-transporte
  • Assistência pré-escolar (0 a 5 anos)
  • Assistência médica e odontológica

3) Atribuições e requisitos dos principais cargos do Concurso TRT PE

Analista Judiciário – Área Judiciária (AJAJ)
Requisitos: Diploma devidamente registrado de curso de graduação em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação.

  • Analisar petições e processos, confeccionar minutas de votos, emitir informações e pareceres;
  • Proceder a estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina pertinente para fundamentar a análise de processo e emissão de parecer;
  • Fornecer suporte técnico e administrativo aos magistrados, órgãos julgadores e unidades do Tribunal;
  • Inserir, atualizar e consultar informações em base de dados;
  • Verificar prazos processuais.

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal (OJAF)
Requisitos: Diploma devidamente registrado de curso de graduação em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação.

  • Executar citações, notificações, intimações e demais ordens judiciais, certificando no mandado o ocorrido;
  • Executar penhoras, avaliações, arrematações, praças e hastas públicas, remissões, adjudicações, arrestos, sequestros, buscas e apreensões, lavrando no local o respectivo auto circunstanciado.

Analista Judiciário – Área Administrativa (AJAA)
Requisitos:
Diploma devidamente registrado, de conclusão de curso superior completo (licenciatura, bacharelado, tecnólogo), em qualquer área de formação, expedido por instituição de ensino superior, reconhecido pelo Ministério da Educação.

  • Realizar tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria;
  • Emitir informações e pareceres;
  • Elaborar, analisar e interpretar dados e demonstrativos;
  • Elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação;
  • Elaborar e aplicar instrumentos de acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos projetos desenvolvidos.

Técnico Judiciário – Área Administrativa (TJAA)
Requisitos: Certificado de conclusão de curso de ensino médio ou equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

  • Prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais;
  • Executar tarefas de apoio à atividade judiciária;
  • Arquivar documentos;
  • Efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos;
  • Classificar e autuar processos;
  • Realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas.

4) Último concurso TRT PE

O último concurso TRT PE foi realizado em 2018 com a oferta de uma vaga imediata mais cadastro de reserva para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário. A organização do certame ficou por conta da Fundação Carlos Chagas, a FCC.

Distribuição das vagas

Analista Judiciário

  • CR – Área Judiciária
  • CR – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal
  • CR – Área Administrativa
  • CR – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Clínica Médica)
  • CR – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação

Técnico Judiciário

  • 01 + CR – Área Administrativa
  • CR – Área Administrativa – Especialidade Segurança

Etapas do concurso

A seleção foi composta por dua etapas, sendo elas uma Prova Objetiva de conhecimentos básicos e específicos e uma Redação, ambas de caráter eliminatório e classificatório. O cargo de Técnico Judiciário – Especialidade Segurança contou ainda com uma Prova Prática de Capacidade Física, essa, de caráter somente eliminatório.

Prova Objetiva

A prova objetiva teve 4 horas de duração (contando também o tempo de aplicação da redação) e contou com 70 questões de múltipla escolha, sendo 30 de conhecimentos básicos com peso de 1 ponto e 40 de conhecimentos específicos com peso de 3 pontos.

Conhecimentos básicos para todos os cargos:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático
  • Noções de Informática
  • Noções sobre Direitos das Pessoas com Deficiência
  • Legislação e Ética no Serviço Público

Prova Prática de Capacidade Física

Realizada em Recife/PE, a Prova Prática de Capacidade Física consistiu dos quatro testes, abaixo relacionados, cujos parâmetros de avaliação variam de acordo com o sexo:

  1. Teste abdominal (masculino e feminino) – Tempo: em 1 minuto
  2. Teste de flexo-extensão de braços (masculino)
  3. Teste de flexo-extensão de braços (feminino) – Tempo: 1 minuto
  4. Teste de sentar e alcançar, com banco
  5. Teste de corrida de 12 minutos (masculino e feminino)

Quantitativo de inscritos

Foram registrados no total, 54.184 candidatos inscritos, sendo que o cargo com maior procura foi o de Técnico Judiciário – Área Administrativa, com 28.461 inscritos, o que equivale a mais da metade do total de inscrições.

  • 11.405 inscritos – An. Jud. – Área Judiciária
  • 2.275 inscritos – An. Jud. – Área Jud. – Especialidade OJAF
  • 7.665 inscritos – An. Jud. – Área Administrativa
  • 412 inscritos – An. Jud. – Especialidade Medicina (Clínica Médica)
  • 1.184 inscritos – An. Jud. – Especialidade T.I.
  • 28.461 inscritos Téc. Jud. – Área Administrativo
  • 2.782 inscritos – Téc. Jud. – Especialidade Segurança

5) Nomeações do último concurso TRT PE

  • Concurso 2018: Até 31 de dezembro de 2018 (levantamento mais recente), já foram nomeados 32 candidatos do último concursos TRT PE. Desses, dois apresentaram desistência e três se ausentaram na perícia ou a deficiência não se enquadrou na previsão legal.
  • Concurso 2012: Neste concurso foram nomeados 706 candidatos. Desses, 99 perderam o prazo para posse, 148 apresentaram desistência e um foi nomeado no TRF5.
  • Concurso 2006: Listagem não disponível no portal do TRT 6.

6) Bate-papo com aprovados no concurso TRT PE

Pensando na aceleração da sua aprovação, o Estratégia Concursos preparou uma transmissão com dicas de candidatos aprovados do TRT-PE. Se você não conseguiu acompanhar a entrevista ao vivo, o vídeo continua disponível no vídeo abaixo:

Estratégia Questões vai nascer maior do que todos os concorrentes, com mais questões cadastradas e mais soluções por professores.

Acompanhe AO VIVO o lançamento do maior sistema de questões do Brasil e aproveite os descontos e bônus imperdíveis!

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-1024x235.jpg

Quer estudar para o TRT PE?

Gostou desta oportunidade e deseja começar se preparar agora mesmo? Então, confira os nossos cursos e comece a estudar para TRT PE:

CURSO TRT PE

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro dos concursos vigentes:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

Ficha técnica Concurso TRT PE

Informações do último concurso TRT PE
►Data: 2018
►Vagas:  01 + CR
►Banca: FCC
►Escolaridade: Nível médio e superior
►Edital: Edital TRT PE 2018

Ascom Estratégia
[email protected]

Fonte: Estratégia Concursos

Download disponível – Concurso TRT PE (6ª região) tem prazo de validade suspenso



Baixar apostila para concurso

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: