fbpx

Fique por dentro – dicas para filtrar as notícias

Acesse o conteúdo completo – dicas para filtrar as notícias




Nesse artigo, iremos ensinar a filtrar as notícias que recebemos todos os dias, de forma que consigamos captar as informações mais relevantes sobre o Coronavírus para a prova de Atualidades.

Olá, Estrategistas!

No cenário atual em que vivemos, no qual foi constatada uma epidemia, somos bombardeados diariamente com uma avalanche de notícias. A mídia está empenhada em cobrir o assunto de forma ampla, em todos os países, o que gera uma hiperinformação aos telespectadores.

Estudar Coronavírus para a prova de Atualidades significa entender o vírus em um contexto global
Preocupações acerca do Coronavírus atingem o cenário mundial: a mídia, consequentemente, bombardeia a população com informações em tempo integral

No entanto, nós, concurseiros, não temos tempo para assistir e ficar a par de todas as notícias que são transmitidas. Além disso, não precisamos nos tornar especialistas no assunto. Porém, há uma grande chance de que o assunto Coronavírus, devido à sua relevância, venha a figurar nas próximas provas, seja na prova objetiva ou na prova discursiva.

Sendo assim, devemos ser capazes de filtrar as informações mais relevantes, para que possamos fazer uma boa prova de Atualidades que venha a cobrar o assunto, mas sem ficarmos o dia inteiro em frente à televisão. E, no presente artigo, iremos aprender a adquirir tal capacidade.

Para começarmos, é relevante compreendermos que há uma diferença de cobrança de Atualidades na prova objetiva e na prova de redação. Isso influencia na nossa forma de estudar, pois, para cada tipo de cobrança, há um método de estudo mais adequado.

Coronavírus para a prova de Atualidades: Prova Objetiva x Prova Discursiva

1) Coronavírus na prova objetiva de Atualidades

Para a prova objetiva, logicamente, o estudo deve ser mais objetivo. Aqui, o candidato deve se atentar mais aos fatos, e não a opiniões. Deixem debates e juízos de valor para a prova discursiva!

Relaciono, abaixo, os pontos para os quais deve ser dada uma maior atenção, tendo em vista a probabilidade de sua cobrança:

  • Informações gerais: características do vírus; local de início da transmissão (Wuhan, China); países afetados, entre outros.
  • Medidas tomadas pelos diversos países no combate à pandemia: como o distanciamento social, cancelamento de eventos, restrições na circulação de pessoas no interior dos países e entre eles, cancelamento de voos, construção de hospitais de campanha e a suspensão de atividades produtivas e comerciais não essenciais.
  • O papel da ONU no combate à epidemia: Orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e pronunciamentos de seu presidente (Tedros Adhanom).
  • Impactos econômicos, sociais, ambientais e políticos: entre eles, podemos citar as flutuações das moedas e da bolsa, o aumento do desemprego, falência de empresas, reduzido crescimento do PIB brasileiro e a redução nas exportações.
  • Doenças e prevenção: a prova pode vir a relacionar a pandemias de CoVid-19 a outras pandemias ocorridas anteriormente, como, por exemplo, a SARS. Além disso, se atentem às medidas de prevenção.

2) Coronavírus na prova discursiva de Atualidades

Para a prova discursiva, a abordagem é diferente, uma vez que o aluno terá que escrever um texto. Em um texto dissertativo argumentativo, é imprescindível que o candidato elabore uma tese, ou seja, se posicione sobre o assunto.

Para se posicionar, é de suma importância que tenha conhecimento das informações mencionadas no tópico anterior, ainda que sejam fatos mais objetivos. Um dos critérios utilizados na correção da redação é o de conteúdo – ou seja, quanto o candidato sabe sobre o assunto? Portanto, devemos mostrar que sabemos do que estamos falando, sendo o primeiro passo, dessa forma, termos conhecimento sobre os principais acontecimentos.

No entanto, para a prova discursiva, apenas sabermos as principais informações, de forma objetiva, não é suficiente. Como teremos que nos posicionar e defender o nosso ponto de vista, é importante refletirmos sobre o assunto.

Entre os pontos sobre os quais devemos refletir com o objetivo de estudar Coronavírus para a prova de Atualidades, destacamos os seguintes:

  • Como a pandemia do Coronavírus impacta a sociedade? Aqui entram impactos econômicos, sociais, ambientais e políticos.
  • Quais valores a sociedade precisa resgatar? O que foi esquecido e seria diferencial nessa situação?
  • De que forma a sociedade é capaz de minimizar esses impactos? Como poderemos nos recuperar após essa crise? Aqui, podemos pensar tanto em atitudes coletivas quanto individuais.
  • Quais são os aprendizados trazidos por essa pandemia? Quais atitudes podemos tomar para prevenir outras pandemias como essa?

Escolha de fontes para estudo

Mas através de quais fontes devemos retirar essas informações? Como encontrar meios que estimulem um debate saudável e passem informações relevantes?

Utilize fontes com diferentes pontos de vista

Nossa primeira dica consiste no fato de que devemos utilizar mais de uma fonte para o nosso estudo.

Isso se mostra relevante para a prova discursiva, principalmente. Como teremos que nos posicionar para elaborarmos nossa redação, é interessante que possamos ter acesso a diferentes pontos de vista, para que sejamos capazes de extrair o que consideramos válido e, assim, desenvolvermos a nossa própria perspectiva sobre o assunto.

Utilize diferentes meios de comunicação

Para obtermos as informações necessárias, torna-se interessante fazermos uso de diferentes meios de comunicação. Leia, ouça, veja.

Assistir jornais nem sempre é a melhor opção. A mídia televisiva tende a abordar o assunto de forma prolixa. Por exemplo, foca-se muito no número de mortes e número de infectados, o que não é relevante na hora de estudarmos Coronavírus para a prova de Atualidades.

Porém, para os alunos que irão realizar uma prova que contenha redação no conteúdo programático, assistir o Jornal da TV Cultura pode ser interessante, pois o evento conta sempre com dois comentaristas que debatem os temas, o que, consequentemente, estimula a reflexão por parte do espectador.

1) Leia

Existem diversos sites de notícias que podem ser utilizados pelo candidato como meio para obtenção de informações. É importante a escolha de uma fonte segura e confiável, que evite a propagação de notícias não embasadas. Entre as fontes recomendadas, podemos destacar o Nexo Jornal, Globo.com, G1, BBC e Correio Braziliense.

Na hora de estudar Coronavírus para a prova de Atualidades, busquem notícias que apresentem relevância. Não se atentem a números, e utilizem as dicas de pontos importantes mencionados anteriormente.

2) Ouça

Um recurso relativamente novo, porém muito útil, é o PodCast. Disponível em diversas plataformas de áudio, os PodCasts são ótimos para os momentos em que estamos fazendo uma outra atividade. Por exemplo, enquanto estivermos lavando a louça, podemos ouvir sobre as principais notícias.

Entre os inúmeros PodCasts existentes na atualidade, destacamos o Novo Coronavírus – Perguntas e Respostas, criado pelo G1. Abrange depoimentos de especialistas, assim como esclarecimento de dúvidas por parte deles. São diversos episódios de 1 minuto.

3) Veja

Aqui no Estratégia, o professor Leandro Signori faz, mensalmente, no Youtube, uma retrospectiva sobre os assuntos mais relevantes do mês. Como a pandemia de Coronavírus vem sendo o fato mais noticiado e mais relevante dos últimos meses, assistir a essas retrospectivas nos auxiliará imensamente.

Além disso, o professor realizou uma transmissão no dia 24 de março, na qual mencionou as principais informações para a prova de Atualidades, até a mencionada data. Veja abaixo:

Elabore um material para revisão

Podemos estar sempre ligados nos principais acontecimentos e estudar, de forma adequada, Coronavírus para a prova de Atualidades, mas uma coisa é certa: muitas dessas informações não permanecerão em nossa mente. Como concurseiros, estamos constantemente em contato com muitas informações, e a falta de repetição prejudica a memorização.

Dessa forma, uma dica interessante é a de elaborar um material para revisão. Pode ser em forma de tópicos, mapas mentais ou resumo. Tentem fazer um material compilado, apenas com os fatos que não poderão ser esquecidos de forma alguma. Isso fará com que economizemos tempo, tanto para elaborá-lo, como para revisá-lo.

No curso do Estratégia, o professor Leandro Signori elabora PDFs completos, com o intuito de facilitar a vida do aluno. Sendo assim, uma boa estratégia é adquirir um de nossos cursos de Atualidades, seja ele específico para algum concurso, ou o Curso Regular. Já existe uma aula específica sobre o Coronavírus no Curso Regular, a qual será atualizada conforme o andamento de toda a nossa situação atual.

Conclusão

Diante do exposto, devemos utilizar as ferramentas disponíveis para que nos mantenhamos informados, porém sempre nos atentando aos aspectos mais relevantes.

O estudo de Coronavírus para a prova de Atualidades deve ser entendido como um processo em constante movimento, uma vez que o cenário da pandemia se altera constantemente, e não param de chegar novas informações.

É bastante provável que as futuras provas de Atualidades, sejam elas objetivas ou discursivas, venham a abordar o assunto. No entanto, não se atenha apenas às informações relativas ao Coronavírus. Enquanto a pandemia é uma realidade, outros fatos acontecem, os quais também poderão ser cobrados futuramente.

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

Fonte: Estratégia Concursos

Download disponível – dicas para filtrar as notícias



Baixar apostila para concurso

%d blogueiros gostam disto: