fbpx

Fique por dentro – Matemática Financeira para o TCE SC. Veja 5 dicas de como se preparar

Acesse o conteúdo completo – Matemática Financeira para o TCE SC. Veja 5 dicas de como se preparar




Está estudando para o Tribunal de Contas de Santa Catarina? Veja o que priorizar nos estudos de matemática financeira para o TCE SC.

Olá pessoal, tudo bem? Eu espero que sim!

Aguardamos ansiosos a publicação do edital do Tribunal de Contas de SC, que deverá ocorrer já nos próximos meses, com provas no final deste ano ou no início de 2021. Todavia, devemos nos antever ao que se esperar para o certame. Atitudes proativas como esta pode nos colocar um posso à frente dos demais concorrentes.

De acordo com o último edital (2015), matemática financeira para o TCE SC foi exigida na parte de conhecimentos específicos para as seguintes especialidades: Administração, Contabilidade e Economia. Portanto, é esperada sua reincidência no próximo edital.

Certamente que Matemática Financeira divide opiniões, uns amam enquanto outros odeiam. Não se deve confundir, entretanto, matemática financeira com raciocínio lógico. Enquanto a maior parte das questões de RLM trabalha com tabelas verdades e proposições, e, geralmente, com poucas contas, por outro lado, matemática financeira baseia-se em fórmulas, exigindo do candidato não só domínio do conteúdo, como também agilidade nos cálculos.

Desse modo, o aluno deve se preparar muito bem para essa disciplina, uma vez que ela irá diferenciar os candidatos. Com esse objetivo, preparamos aqui 5 dicas de como se preparar para Matemática Financeira para o TCE SC.

Antes de tudo, precisamos entender as preferências das bancas sobre cada assunto. Como já sabemos que a banca organizadora será a CESPE, isso facilitará nossa análise. Veja os dados abaixo.

Matemática Financeira para o TCE SC
Estatística de cobrança Matemática Financeira CESPE

A estatística de cobrança acima demonstra que 80% dos exercícios cobrados estão relacionados a:

  • Sistemas de Amortização;
  • Juros Compostos;
  • Taxas Equivalentes e Proporcionais (Regime composto);
  • Juros Simples;
  • Pagamentos Uniformes (série de pagamentos);
  • Inflação, Juros Reais e Juros Aparentes; e
  • Desconto Simples (Racional e Comercial).

Além disso, a banca tem ciência de que, para assuntos que exigem grande número de cálculos, o tempo de prova não é suficiente. Isto explica a baixíssima cobrança de alguns tópicos, como por exemplo: série de pagamentos variáveis. Não obstante, sabendo as estatísticas de cobrança, o candidato saberá no que focar em maior escala.

Como dito, em matemática financeira para o TCE SC, o tempo será precioso. Portanto, o aluno precisará buscar métodos de aprimorar seus cálculos e suas resoluções.

Como é sabido, um exercício pode ser resolvido por n maneiras diferentes, e saber o método mais rápido e direto colocará o candidato em uma posição de vantagem. Portanto, treine bastante, faça muitos exercícios. Apenas a prática irá ensiná-lo o melhor caminho. Além do mais, experiência gera agilidade.

Ademais, busque sempre verificar a resolução do professor, por mais que tenha acertado o exercício. Muitas das vezes, poderá aprender uma nova maneira de se pensar e agilizar sua resolução.

Indo na mesma linha de raciocínio da dica anterior, devemos sempre nos preocupar com o tempo de resolução. Não só buscar resolver os exercícios no menor tempo possível, como também saber o momento certo de deixar de lado e seguir em frente.

É bastante comum vermos relatos de alunos que passaram 10-15 minutos em uma mesma questão, na busca de conseguir resolvê-la. Todavia, esse tempo é suficiente para que o candidato tenha solucionado outros 3 ou 4 exercícios de outra disciplina. E no final, a queixa é sempre a mesma: não deu tempo de terminar a prova. Portanto, não se case com uma questão. Se, ao ler e entender o enunciado, não souber o que fazer, próximo exercício.

Acredite, seu subconsciente estará trabalhando em alternativas de resolução deste enunciado. Ao final da prova, quando retornar àquela questão, poderá se surpreender.

Para tudo nessa vida existe a hora certa, e para estudar não é diferente. Enquanto alguns veem matemática financeira como um martírio, outros veem como um momento de se relaxar, esvaziar a mente. Logo, precisamos saber o momento correto de estudar matemática financeira para o TCE SC.

Para os que amam essa disciplina, busquem estudá-la em momentos de resistência, em que o aluno precisará de uma motivação extra, como nos finais de semana, sexta-feira à noite, segunda-feira (a motivação extra é justamente estudar para aquilo que gosta).

Por outro lado, aos que odeiam, tente focar nessa matéria nos dias do meio da semana e na parte da manhã, em que sua mente estará leve e propicia a realizar maiores esforços.

Por último, leia e entenda o enunciado quantas vezes forem necessárias, antes de tentar resolver a questão. Parece banal, mas esse tipo de erro ainda é comum.

Matemática financeira é uma disciplina com alto grau de “pegadinhas”, e as alternativas são cuidadosamente calculadas para coincidir com os cálculos errados que os alunos eventualmente realizam durante a resolução.

Portanto, não saia fazendo contas antes de saber exatamente quais devem ser realizadas. Além de desperdiçar tempo, correrá grande risco de que seus cálculos incorretos coincidam com uma das alternativas.

Veja ainda esse série de vídeos com teorias e resoluções de exercícios sobre Matemática Financeira.

Um forte abraço

Leandro Ricardo M. Silveira

Instagram: https://www.instagram.com/leandro.rms12/

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro de todos os concursos:

Concursos abertos

Concursos 2020



Fonte: Estratégia Concursos

Download disponível – Matemática Financeira para o TCE SC. Veja 5 dicas de como se preparar



Baixar apostila para concurso

%d blogueiros gostam disto: