fbpx

Fique por dentro – o que estudar na reta final?

Acesse o conteúdo completo – o que estudar na reta final?



Baixar apostila para concurso

TJGO: o que estudar na reta final
TJGO: agora é hora de ter estratégia!

TJGO: o que estudar na reta final? Faltando menos de um mês para a prova, aprenda a montar um ciclo de estudos eficiente, priorizando os pontos com maior incidência de cada disciplina.

Não são muitos dias para a prova, que será dia 19 de dezembro, contudo, essa reta final é primordial para que você faça uma revisão eficaz.

Como já sabem, o edital do concurso de Analista do TJGO (Tribunal de Justiça de Goiás) ofertou 95 vagas para o cargo de Analista Judiciário, tanto para área judiciária, quanto para a área administrativa.

CURSOS TJGO

A banca organizadora do concurso para Analista do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) é a Universidade Federal de Goiás (UFG).

Exige-se nível superior em Direito ao Analista Judiciário da área judiciária e graduação superior em qualquer área para o cargo de Analista Judiciário da área Administrativa. O salário inicial varia de R$3.833,88 a R$4.259,86.

Neste artigo, apresentaremos os principais pontos de cada disciplina prevista no edital pela Banca UFG. Em seguida, disponibilizaremos uma sugestão de ciclo de estudos e orientações sobre como utilizá-lo. 

Vamos nessa!

TJGO: o que estudar na reta final

Prova objetiva

prova objetiva conterá 60 questões, distribuídas da seguinte forma:

TJGO: o que estudar na reta final
Prova Objetiva – TJGO

A Prova  Objetiva,  de  caráter  eliminatório  e  classificatório,  será  do  tipo  múltipla  escolha  com  quatro alternativas  (A,  B,  C,  D),  das  quais  apenas  uma  estará  correta.

O peso das questões varia conforme a disciplina, como foi possível observar na tabela acima. Então, este fator precisará ser levado em conta ao montar seu ciclo de estudos nesta reta final.

Prova discursiva

A Prova Discursiva, também de caráter eliminatório e classificatório, será realizada no mesmo dia da prova objetiva e valerá 100 pontos, devendo o candidato atingir a nota mínima de 60 pontos para não ser eliminado do certame.

O objetivo da prova discursiva será avaliar o conhecimento do tema, a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa.

A avaliação seguirá o seguinte critério:

TJGO: o que estudar na reta final
Prova discursiva – TJGO

O edital esclarece, ainda, que o critério relativo ao “conhecimento teórico” terá o objetivo de avaliar o conhecimento do candidato sobre o tema abordado.

Já a “argumentação” buscará analisar a capacidade de selecionar os argumentos adequados para abordagem do tema escolhido.

A “análise crítica” deverá envolver o problema proposto.“Clareza na exposição,  coerência  e  coesão  textuais”  remeterão à  capacidade de  escrever  com  coesão  e  coerência, além de  organização  de ideias para a boa compreensão.

O “uso adequado da Língua Portuguesa” avaliará  as normas  do registro  formal  culto  da  língua  portuguesa, consistente na adequação  vocabular, ortografia, acentuação, concordância, regência, pontuação e sinais gráficos.    

A resposta do candidato deverá ser desenvolvida em 30 linhas por questão.

Portanto, atente-se nestes pontos ao treinar para a discursiva, e não apenas no conteúdo da resposta em si.

TJGO: o que estudar na reta final

Banca examinadora

Conhecer o perfil da banca examinadora é fundamental em qualquer concurso que você for prestar.

Lembre-se que seu principal concorrente nesse concurso não serão os demais inscritos, mas sim, a banca examinadora.

As bancas examinadoras possuem um estilo próprio, gostam de cobrar determinado assunto em cada disciplina e possuem um padrão.

UFG

O Centro de Seleção UFG (CS-UFG) é a banca responsável pela organização e aplicação da prova do TJGO.

É importante saber disso ao filtrar questões da banca e não procurar questões apenas da UFG, que é a Universidade Federal de Goiás.

Esta banca costuma elaborar os processos seletivos para vestibulares da Universidade Federal de Goiás e, nas provas de concursos, possui as mesmas  características das provas de vestibulares.

Essa informação é valiosa, principalmente ao filtrar questões de História e Geografia de Goiás, tema recorrente em vestibulares.

Seguem as principais características da banca:

  • Priorizar questões que trabalham a análise de situações-problema e capacidade de síntese do candidato;
  • O nível de dificuldade é considerado médio, se comparado com bancas do estilo CEBRASPE e FGV;
  • Costuma repetir os assuntos com frequência;
  • Os editais da banca costumam ser bem extensos.

TJGO: o que estudar na reta final

UFG X Disciplinas

Baseado-se em provas anteriores da banca UFG/CS-UFG, especialmente nos certames para Tribunais de Justiça, elencamos aqueles que são os seus tópicos mais incidentes.

Portanto, nessa reta final, priorize esses pontos. Se estiver em fase de revisão, deixe mais tempo de seu cronograma para tais tópicos. Por outro lado, caso esteja estudando agora, já pule para tais pontos.

TJGO: o que estudar na reta final

Português

Serão 15 questões da disciplina de Língua Portuguesa em sua prova, com peso 1. Geralmente, a banca pede conhecimentos gerais de gramática (artigo, substantivo, adjetivo, pronomes, numeral, advérbio, interjeição, pontuação), mas o que ela gosta mesmo é Leitura e análise de textos de diferentes gêneros textuais (32,76%).

Mesmo que você domine essa disciplina, não a subestime, pois em concursos para Analista, a regra é gabaritá-la ou errar, no máximo, uma questão. Devido à concorrência, acertar 11/15, por exemplo, poderá não ser suficiente, mesmo sendo um ótimo percentual!

História e Geografia de Goiás

História e Geografia de Goiás é uma disciplina muito específica e, também, regional, por isso, não é possível desenvolver uma análise estatística tão apurada como das outras disciplinas.

O conteúdo é vasto e é preciso ter, ao menos, uma noção sobre o contexto histórico de formação do estado, localização, contingente populacional, estados limítrofes, história da bandeira, população, principais cidades, clima, relevo, vegetação e economia.

Contudo, serão apenas 5 questões com peso 1, ou seja, é a matéria com menor custo benefício.

Nossa sugestão para a reta final é tomar como base os materiais de resumo, como nossos Bizus Estratégicos e as aulas de reta final.

Legislação complementar

A legislação complementar é a disciplina com melhor custo benefício. Serão 10 questões com peso 2, com pouco conteúdo ao comparar com as demais disciplinas:

  • Regimento  Interno  do  Tribunal  de  Justiça  do  Estado  de  Goiás. 
  • Lei  Estadual  nº  9.129/1981  (com atualizações  da  Lei  nº  20.816/2020). 
  • Resolução  325  de  29  de  junho  de  2020  do CNJ.
  • Constituição  do  Estado  de  Goiás.
  • Código  de  Organização  Judiciária  de  Goiás.

Como é uma banca regional, atente-se às legislações estaduais.

Conhecimentos específicos

As disciplinas que fazem parte do bloco “Conhecimentos Específicos” variam conforme o cargo, mas a maioria coincide.

Vamos elencar os temas principais de cada uma delas (com maior incidência da banca) para você focar no seu estudo de reta final.

Civil: das pessoas naturais, dos fatos jurídicos, do negócio jurídico, direito de família.

Constitucional: poder judiciário, dos direitos e deveres individuais e coletivos, administração pública.

Administrativo: ato administrativo, organização administrativa, princípios constitucionais do direito administrativo.

Processo Civil: recursos, sujeitos, processo de execução (atenção às recentes alterações do CPC).

Processo Penal: ação penal, prisão cautelar, provas.

Penal: teoria do delito, das penas, crimes contra a administração pública, crimes praticados por funcionário público contra a administração em geral.

Legislação Penal: Lei 9.099/95, Lei 11.343/06, Lei 7.210/84.

TJGO: o que estudar na reta final

Discursivas

O objetivo da prova discursiva, como dito, será avaliar o conteúdo, o conhecimento do tema e a capacidade de expressão na modalidade escrita.

Na reta final, treine para a prova discursiva enquanto estuda para a prova objetiva. Sempre que terminar um tópico ou conteúdo, elabore uma questão e tente respondê-la no dia seguinte, sem consultar.

Em seguida, faça a correção e acrescente o que faltou colocar. Monte um “caderno” com tais respostas, revisando-o semanalmente.

TJGO: o que estudar na reta final

Planejamento

A organização nos estudos é essencial para o concurso do TJ-GO, pois estamos na reta final. Assim, uma das melhores maneiras é utilizar uma planilha de controle.

Ter um plano e segui-lo até o fim é fundamental.

Você pode baixar gratuitamente a planilha, bem como contar com uma explicação pormenorizada de como utilizá-la pelo Blog do Estratégia.

Como faltam poucos dias, priorize os conteúdos mais incidentes, tanto se for para revisar, ao separar um tempo maior para eles, quanto para iniciar, ao dar prioridade à matéria, mesmo que seja necessário pular algumas aulas.

Caso você não possua seu próprio material de revisão, utilize o Passo Estratégico bem como e os Bizus Estratégicos para otimizar seu tempo.

TJGO: o que estudar na reta final

Monte seu ciclo de estudos

Pois bem. Agora que você já tem ideia de como funciona a Banca UFG com relação às disciplinas presentes no edital do concurso do TJGO, é hora de montar seu Ciclo de Estudos.

O Ciclo de Estudos objetiva uma sequência de disciplinas a estudar dentro de um período O ideal é que o ciclo seja semanal, com um roteiro pré-determinado com as matérias a estudar, por ordem e tempo.

Apresentamos uma sugestão de ciclo de estudos para você para o TJGO:

TJGO: o que estudar na reta final
Se você está perdido, utilize esse ciclo como base!

Nossa sugestão engloba várias disciplinas no mesmo dia, com 255 minutos diários de estudo, reduzidos nos fins de semana.

Ela é ideal para quem está no plano intermediário ou avançado de estudos, pois engloba 4 disciplinas no mesmo dia, com 60 minutos para cada.

São várias matérias em um mesmo dia, por isso o aluno deve estar familiarizado com elas para não se perder nem demorar para “pegar no tranco”.

Já o aluno iniciante tem que ter consciência que começar os estudos no pós edital já é um risco por si só e precisará correr atrás do prejuízo. Por outro lado, poderá utilizar essa planilha do mesmo modo, contanto que dê preferência aos conteúdos acima mencionados.

Os fins de semana terão carga horária reduzida (20% a menos), com um dia reservado para lei seca/simulado.

TJGO: o que estudar na reta final

Conclusão

Neste artigo, apresentamos para você:

  • Matérias com maior incidência em cada disciplina;
  • Dicas de organização para reta final;
  • Como planejar seu estudo na reta final;
  • Sugestão de ciclo de estudos.

Você não precisa cumprir à risca as orientações, pelo contrário, deverá adaptá-las conforme seu perfil, inclusive com relação ao tempo diário de estudos.

Lembre-se que agora é o momento mais importante do estudo para a prova, independentemente de quem está apenas revisando ou ainda possui conteúdo a finalizar.  

Então aproveite seu tempo com sabedoria!

Assim, espero tê-lo ajudado.

Um abraço.

Heloísa Tondinelli

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país!

Assinatura de Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Sistema de Questões

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Concursos Abertos

mais de 15 mil vagas

Concursos 2021

mais de 17 mil vagas



Fonte: Estratégia Concursos

Download disponível – o que estudar na reta final?



Baixar apostila para concurso

Deixe uma resposta

Concurso e Apostilas
%d blogueiros gostam disto: