fbpx

Haverá novas parcelas do benefício em 2021?

Previsões a respeito de uma nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial têm sido levantadas pelo governo federal. Sem definições concretas, milhões de brasileiros aguardam com ansiedade o anúncio do valor das parcelas, duração e quantidade de assistidos pela prorrogação.

A implementação de mais pagamentos do auxílio emergencial depende da aprovação de uma medida no Congresso Nacional. Segundo Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, a ideia é apresentar as novas diretrizes do programa até o início de março, com pagamentos que devem durar até junho.

Sendo assim, a equipe econômica, em parceria com os presidentes das Casas (Senado e Câmara), trabalham com a expectativa de 4 parcelas. O valor debatido para o benefício em 2021 chega a R$ 250, na geração de despesas para os cofres públicos de aproximadamente R$ 30 bilhões.

Nem todos os aprovados em 2020 farão parte da nova leva de pagamentos prevista para este ano. A projeção do governo aponta para 33 milhões de beneficiários do auxílio emergencial durante a renovação. O quantitativo é quase a metade do número de assistidos anteriormente pelo programa – 68 milhões no ano passado.

Nesta segunda-feira, 22, será apresentado o relatório da PEC Emergencial, que permite incluir a cláusula do Orçamento de Guerra, medida que oferece respiro fiscal ao governo durante períodos de crise econômica. Com isso, espera-se que novidades em relação ao benefício saiam dentre os próximos dias.

Leia ainda: Auxílio de R$ 250: Quem ganha Bolsa Família vai receber as novas parcelas?


Fonte: Edital Concursos Brasil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: