fbpx

Veja como descobrir se seu WhatsApp está sendo espionado

Muitos usuários do WhatsApp podem passar por situações complicadas de espionagem. Embora invadir dispositivos de terceiros seja proibido por lei, sabemos que a prática é comum entre casais que instalam programas espiões no celular do parceiro para ter acesso a suas mensagens.

No caso de suspeita de espionagem, a dica é restaurar o smartphone para as configurações de fábrica. A ação vai remover todos os dados e aplicativos instalados no aparelho, inclusive o espião.

Antes de reiniciar o celular, não se esqueça de fazer um backup dos arquivos para não perder suas fotos, vídeos e outros dados que guarda no aparelho. É só exportar os arquivos para um serviço de armazenamento em nuvem ou fazer uma cópia no seu computador.

Problema pode continuar

O grande problema nesses casos é que a pessoa próxima pode voltar a instalar um programa espião no dispositivo. Nessa situação, o melhor jeito de se proteger é evitar oferecer qualquer brecha para que o outro consiga ter acesso ao seu celular e possa repetir o mesmo processo.

Uma boa maneira é jamais deixar o celular desbloqueado e sempre usar a biometria como proteção. Mesmo assim, a pessoa má intencionada pode esperar uma oportunidade para aproximar o telefone do rosto da vítima ou utilizar sua digital para desbloquear o aparelho.

A solução então é desligar o telefone sempre que for dormir, inserindo uma senha numérica para aumentar a segurança oferecida pela biometria.

Infelizmente esse tipo de caso não é totalmente coberto pela tecnologia, já que depende muito mais do diálogo e respeito entre os envolvidos para que seja resolvido. Seja como for, o conselho analisar é se realmente vale a pena continuar um relacionamento com alguém que mantém esse tipo de comportamento.

Leia mais: WhatsApp: Por que imagens ‘desconhecidas’ aparecem e somem da galeria?


Fonte: Edital Concursos Brasil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: